quinta-feira, 13 de novembro de 2008

A primeira vez a gente nunca esquece...2

Reply to the comments:

Dani (anônima), só você mesma para me fazer procurar o nome do filme na net...risos.
Achei! O nome do filme em inglês é: The Sisterhood of the Traveling Pants. Já em português se chama: Quatro Amigas e um Jeans Viajante. Pelo que vi, o filme tem a parte 2 também. Dá uma pesquisada sobre o filme. Valeu muito a pena para mim.
Aiii, atualizar o fotolog, né?! Ai, ai, pedido difícil, mas será atendido...dá maior trabalho...pensei que seria mais fácil...enfim...vou fazer essa semana.


Danyella, que bom que se sente assim. Sei como é esse sentimento...antes de vir para cá, eu lia fielmente um blog. Ficava me imaginando nas situações dela... Quer saber de algo? Os ingredientes são os mesmos...as vezes muda um aqui e falta outro ali, mas a maneira que eles se apresentam e que você os manuseia dá um sabor completamente diferente ao bolo. Em outras palavras, se aprende muito com os blogs, você vai viver muitas coisas que você lê no meu blog e nos demais, entretanto, o contexto, a maneira de lidar com as circunstâncias, e o grau de intensidade das situações, tudo isso faz que a sua história seja única. É tudo muito maravilhoso! Acredite!!! Você vai amar, ainda que apareçam muitas dificuldades, porque você vai aprender muito, vai refletir e conhecer um lado da Dany que ainda não conhece.


Vida aqui:

Amigos, estou vivendo um momento maravilhoso nos EUA, o OUTONO!!!
Nossa, é um espetáculo da natureza! É a coisa mais linda que vi até agora aqui. As árvores começam a mudar de cor. É rosa, vermelho, vinho, amarelo, amarelo fluorescente,salmão, enfim, é inspirador. Tem momentos que eu paro aqui em frente de casa apenas para observar as árvores. Vocês vão adorar! E o melhor, o show é de graça!!!

Deixa eu contar meu final de semana? Primeira vez a gente nunca esquece, não é?! Eu também não vou me esquecer da primeira vez que me perdi nos EUA!!!
Ai, ai, é verdade, esse dia chegou... E eu ainda estava sozinha no carro... Não sei para vocês, mas para mim faz maior diferença estar sozinha ou acompanhada quando se está perdido...eu me sinto muito mais confortável e segura quando tenho alguém ao meu lado, mesmo que esse alguém esteja mais perdido que eu...mas vamos à história.

Decidi fazer uma surpresa no domingo a Sun, uma das meninas que dividiu o quarto do hotel no treinamento comigo. Fazia um bom tempo que eu não conseguia entrar em contato com ela.
Fiz meu mapinha de como chegar e voltar de lá, porque infelizmente eu não tenho GPS no meu carro, passei num supermercado e comprei bomboms e caí na estrada.
Super-tranquilo!!! Sem nenhum problema encontrei a casa dela. Mais fácil do que imaginava, apesar de ter que pegar 2 estradas de alta velocidade.
E lá fui eu tocar a campainha. Quando ela me viu, ela ficou bastante surpresa, mas não me pareceu que tivesse sido uma boa surpresa... e não me enganara, primeiro pelo rosto dela, segundo porque a primeira coisa que ela perguntou foi o que eu estava fazendo lá...
Descobri então que ela estava de saída para a igreja. Aff! Nem acreditei...Eu precisava muito desabafar naquele dia, devido às minhas reflexões sobre o tal filme. Perguntei se eu podia ir a igreja com ela. Sabe qual foi a resposta? NÃO. Dá para acreditar?! Não me perguntem a religião dela, mas eu não podia participar da reunião porque haveria uma cerimônia especial e que era somente permitida a entrada de thailandeses. Fazer o quê, né?! Desperdi-me muito triste. Peguei minha bolsa e fui embora.
Seguindo o mapa, era suposto para eu entrar à primeira direita e eu entrei na segunda a esquerda. Aff!!! Caí bem numa pista de alta velocidade. O problema destas pistas é que elas não têm retorno, somente saídas para outros bairros. Aí, complicou tudo!!! Nem acredtei. Lembro de ter falado para mim mesma: Respira fundo e enfrenta sua primeira aventura nos EUA. Não se preocupa, você não vai parar no Japão...
Só rindo, né?! Agora eu estou rindo, mas precisei realmente respirar fundo.
Decidi pegar a primeira saída. Nem observei para qual bairro estava entrando... Parei numa lanchonete para perguntar como fazia para ir para o sentido norte, que era justamente o sentido da pista de velocidade que precisava tomar.
Avistei um homem fora da lanchonete perto de um carro, então decidi perguntar a ele, para não ter que entrar na lanchonete que estava cheia. E adivinha?! Quando comecei com o meu "hi, sr..." ele deu um passo para trás, se posicionou com postura de defesa e as mãos de ataque. Acreditem, ele pensou que eu fosse assaltar ele!!! SÉRIO!!! Puxa, agora é até engraçado, mas fiquei me perguntando se eu tenho cara de assaltante ou se ele que estava distraído...
Eu levei um choque tão grande que eu fui logo dizendo " I am sorry, sr. I just want some informations. I am lost " e apontava para meu mapinha. Ele não era da Geórgia, era da Flórida. Pedi desculpas por assustá-lo e me retirei em direção à entrada da lanchonete.
Aff! Dá para acreditar que uma jovem, que todo mundo dá menos de 20 anos, e que dizem que ter emitir uma tranquilidade ao falar, pode assustar um homem muito mais alto e forte?!
Enfim, decidi perguntar a um senhor de idade. Ele me explicou direitinho. Mas adivinhem, tive que retornar 5 vezes para na sexta tentativa pegar a saída. Minha cabeça estava lá de ocupada pensando em tudo que já havia acontecido até o momento que eu sempre passava da entrada da rua que me levava ao meu destino.
Conseguindo pegar a bendita entrada, do resto foi fácil... caí na pista e continuei seguindo meu mapa.
Dormi quando cheguei a tarde inteira. Nem vi minha hostfamily. Evitei o tal encontro. Não estava bem.
Mas Deus é bom. Encontrei-me mais tarde com a Yuko no curso gratuito de inglês que faço numa igreja e decidimos depois da aula passar numa cafeteria.
Lá fui eu pedi meu café... e um donut...problemático donut. O rapaz da lanchonete decidiu fazer uma pergunta retória ao meu pedido. MARAVILHA!!! Não conseguia entender a pergunta. Até que ele vira para mim e pergunta se eu falava português.
Acreditem só não perguntem o motivo, mas você vai ficar muito feliz toda vez que se deparar com um brasileiro (a)!
Meu sorriso abriu instantaneamente. Você é brasileiro?! (Dã!!! Claro que era, estava falando português com um sotaque inconfundível do meu povinho querido). Ele era de Goiás. E o melhor de tudo?! O café saíu de graça. Sorte minha porque eu pedi um copo enorme!!!
Conversamos, primeiro eu e Yuko, depois ele se juntou a nós. Português, inglês, uma mistura só! Muito bacana.
Consegui terminar o meu dia bem... sem nenhum peso de antes.

Ei, Obama ganhou as eleições, né?! Povinho americano está feliz, excluindo minha família que estava torcendo para o Mc Cain... Vamos ver no que vai dar. Eu terei 6 meses para presenciar as novidades vindas dele. Que Deus o abençoe e o dê sabedoria para colocar os EUA nos eixos econômicos novamente...


Ahhh, posso contar outra coisa?! Estou tão bem com meus pimpolhos...É muito gostoso estar com eles. É isso... risos. É porque eu sou muito mimada por eles. Eles me abraçam, me beijam, dizem que me amam e me convidam para os momentos deles...momentos que só cabem a eles. Volta e meia me perguntam quanto tempo falta para eu voltar para o Brasil e se eu decidi ficar mais um ano. Isso amolece e parte meu coração.

Por hoje é só.

Deus abençoe cada um. E vamos que vamos, todas confiantes!

2 comentários:

Dani disse...

Oie Ellen.. tudo bem ???
Brigadinha pela sua resposta ...
sabe.. vc sabe como é importante isso pra gente que ainda ta aki neh ? rss..
muito boa sorte pra vc.. e que vc naum se perca mais .rsrsrs..

bjo enorme

Dani

Anônimo disse...

Oieee, Ellen!!!

Nossa, que felicidade quando vc responde os comentários, rs...

Olha só, procurei esse filme num ótimo site de downloads e adivinha... só achei só o segundo filme!! Engraçado, né... dai to baixando já, e o primeiro eu vou alugar mesmo! As notas para o filme de quem já assistiu foram só 9 e 10! Legal!!

Ai to tao angustiada... até agora NADA de aceite... =(... que demora chata! mas enfim, tudo tem seu tempo... afinal, estou em provas na facu mesmo...

Então é isso...

Se cuida!! Beijoes!! Dani!

PS: que igreja vc vai aí??